Vicentina, 15 de Agosto de 2022
Sábado, 02 de Julho de 2022 - 11h42
Prefeitura recebeu mais de 10 denúncias de venda de apartamentos entregues por Bolsonaro em Campo Grande
Gabriel Maymone e Marcos Tenório

A prefeitura de Campo Grande recebeu pelo menos 10 denúncias de beneficiários tentando vender apartamentos populares - entregues pelo presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira (30) - do residencial Jardim Canguru. A informação é do diretor financeiro da Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), Cláudio Marques Costa Júnior.

A prefeita Adriane Lopes (Patriotas) disse que o município está apurando as denúncias. "A Amhasf está levantando se isso [denúncias] é fato e será encaminhado para a Caixa tomar providências. Se for verdade, imóvel será retomado e direcionado para novas famílias", reforçou.

Conforme o diretor da Amhasf, todas as denúncias são de anúncios postados no Facebook. Reportagem do Jornal Midiamax revelou que moradores começaram a negociar a venda das unidades habitacionais poucas horas após o presidente entregar o residencial. Parte deles, inclusive, escancararam a proposta: ‘4,5 mil pode vir buscar a chave’.

Assim, Cláudio explica que a responsabilidade é da Caixa Econômica Federal e da União, mas que o município de Campo Grande vai intermediar essa fiscalização. "Vamos encaminhar as denúncias e reforçar através de ofícios junto à Caixa para que apure, entre com reintegração e retomada", reforçou.

Ainda conforme o diretor, o município vai acompanhar para identificar os beneficiários que praticarem a venda. "Vamos acompanhar a mudança dessas famílias. Quem não estiver dentro do imóvel no prazo, vamos oficializar para que a unidade seja retomada e encaminhe para outra família", pontuou.

‘4,5 mil pode vir buscar a chave’

A inauguração mal tinha sido finalizada e alguns moradores do Residencial Jardim Canguru, na região sul de Campo Grande, já usavam as redes sociais para negociar os apartamentos.

O Midiamax conversou com uma pessoa que mora na região. O jovem, que não será identificado, está desde ontem oferecendo uma motocicleta em troca de um apartamento. A intenção dele é entregar a moto e assumir as parcelas mensais de R$ 130.

“Estou oferecendo a minha moto desde ontem e já soube que três apartamentos foram vendidos, logo após a inauguração. Ontem eu quase peguei um. O rapaz tava querendo R$ 5 mil e, no desespero, vendeu por R$ 3 [mil]. Fui falar com ele novamente e já tinha vendido. Outras duas pessoas que falei já tinham vendido também”, argumentou o rapaz.

Uma mulher, que também possui um apartamento no programa de casas populares do governo, aproveitou a postagem para oferecer a casa dela. “Estou pedindo R$ 70 mil. Quero o dinheiro ou então trocar por uma casa na saída de Cuiabá, que é melhor pra mim. A pessoa transfere para o nome dela e assume a parcela de R$ 130”, disse à reportagem.

© 2012 - 2015 - VicentinaInforma - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: Ribero Design
(67) 9979-5354